• Cursos e Notícias

MARVI – FOCO E DEDICAÇÃO PARA VENCER A CRISE NA INDÚSTRIA

MARVI – FOCO E DEDICAÇÃO PARA VENCER A CRISE NA INDÚSTRIA

Levantamento feito pela CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) mostra que o setor industrial de transformação brasileiro, amargou entre 2015 e 2018, o fechamento de mais de 25.000 fábricas, ou seja, 17 unidades por dia. Enquanto isso, a Marvi Alimentos cresceu 33% no setor alimentício.

Com quase 70 anos de história, a empresa familiar de origem italiana, passou a ser dirigida nos últimos anos pelos netos do seu fundador, o imigrante Giovanni Renzo Martini. Tendo uma sólida trajetória, líder nacional absoluta do segmento de produtos para sorveterias e, figurando entre as maiores do mundo, a Marvi vem contrariando as estatísticas ano após ano, investindo em infraestrutura, sustentabilidade e tecnologia de ponta.

Durante a longa crise econômica brasileira, a Marvi aumentou seu faturamento e diversificou bastante o portfólio de produtos evoluindo na atuação nacional e no exterior com inovações e parcerias
estratégias.

Fornecedora das casquinhas de sorvete das indústrias e redes de fast food mais amadas dos brasileiros, bem como dos maiores atacados e supermercados do país, seu extenso mix de produtos ainda conta com ingredientes e confeitos, atingindo diversos segmentos de mercado, uma vez que o consumo de sorvetes pelos brasileiros não tem crescido há alguns anos.


Qual o segredo da Marvi?


Além de muito trabalho e dedicação, a disciplina em não renunciar aos pilares que sustentam a empresa, são a receita fundamental do sucesso.


Investindo continuamente em pessoas e inovação, produzindo alimentos de altíssima qualidade com sustentabilidade e responsabilidade social a Marvi acredita no futuro melhor para todos.

Nas ações da Marvi alguns valores são inegociáveis: pensamento inovadore, honestidade, ética, respeito às leis e aos parceiros.


Fontes: Estadão | ABIS - https://economia.estadao.com.br/noticias/geral,recessao-fez-brasil-perder-17-fabricas-por-dia-entre-2015-e-2018-diz-estudo,70003160882


Compartilhe: